Festas de arromba ou mini weddings? Fabi Pinheiro conta tudo sobre as novas tendências

Fabipinheiro
Não é de hoje que as festas de casamento movimentam muito dinheiro. Os buffets e cerimoniais se tornaram grandes negócios. Em muitas culturas essa é a grande realização da mulher (machista, eu sei, mas não fui eu que inventei isso) e os pais passam a vida inteira guardando dinheiro para o dote, a ser dado a família do noivo, e para a tão esperada festa de casamento.

 

Com opções para todos os gostos e bolsos, as festas de casamento são, na realidade, um momento de celebração do amor e por isso tem que ter a cara de quem está casando. Alguns optam por fazer tudo sozinhos, outros contratam profissionais gabaritados para ter o que há de melhor, e convenhamos, sem ter tanto trabalho.

 

Há quatro anos a cerimonialista Fabi Pinheiro mergulhou fundo nessa atividade e hoje está a frente da empresa Bem Assessorados, que oferece os serviços de assessoria, cerimonial, wedding consulting e decoração. Apaixonada por esse universo, ela nos contou um pouco sobre as novidades do setor e deu dicas de como realizar um sonho sem gastar o que não se tem.

 
(BC) – Mega casamento ou mini wedding, o que tem sido mais procurado atualmente?

(Fabi Pinheiro) - Depende muito do objetivo e sonho de cada casal. Mas a crise chegou para todos e o custo para casar é alto. Sempre converso com os noivos e explico que o casamento precisa ser alto astral e com pessoas que gostem deles. A lista precisa estar recheadas de pessoas queridas, o que facilita o mini wedding. É claro que o networking também acontece, mas priorizem sempre os mais chegados. Quando os noivos levam isso como premissa, os mini wedding acabam sendo mais comuns.

 

(BC) - Como é possível fazer uma festa bacana gastando pouco?

(Fabi Pinheiro) - Bom, para casar é necessário planejamento. Não adianta casar e não ter um apartamento montado para construir a vida a dois. Uma boa saída para fazer uma festa linda e gastando menos é o Casamento DIY (Do It Yourself ou Faça Você Mesma). A noiva coloca a mão na massa e faz, junto com mãe, sogra e madrinhas, objetos para serem utilizados no casamento. A proposta consiste em criar os próprios arranjos, lembrancinhas, centros de mesa, enfeites pendentes e demais itens que fazem parte do evento. A noiva pode, por exemplo, usar garrafas transparentes de diferentes tamanhos para colocar as flores. Também é possível transformar potes de vidro em suporte para velas. Enfim, existem muitas formas criativas de trabalhar com o conceito DIY.

 

(BC) - Quais as principais tendências em decoração?

(Fabi Pinheiro) – A decoração boho chic estará super em alta, combinando elementos românticos, simples e rústicos. Para quem não sabe, o estilo bohemian chic é uma tendência que tem inspirado muitos casais, com seus casamentos diurnos, lâmpadas espalhadas em um espaço ao ar livre, arranjos descombinados, móveis antigos, cristais e peças de madeira.  Quem busca um casamento original e barato deve investir nas ideias DIY (do it yourself).  As lousas com mensagens românticas e as placas de indicação prometem deixar a festa de casamento muito mais divertida e cheia de personalidade. Elas também são ótimas para inovar as fotografias de casamento.  Se os noivos estão em busca de uma lembrancinha mais saudável para presentear aos convidados, então eles podem apostar no bem-casado sem glúten. Eles podem ter diferentes tipos de recheios, como limão siciliano, doce de leite e ganache de chocolate. Food Bikes, bicicletas volantes que invadem o casamento. Pode ser de brigadeiros ou até sonhos.

 

(BC) - E que lembrancinhas são mais escolhidas pelos noivos?

(Fabi Pinheiro) - Acredito que o bem casado é uma lembrança única. Eles podem vir dentro de uma caixinha na embalagem a laser como um kit com 3 unidades.

 

(BC) - O que há de novo entre as opções de convite?

(Fabi Pinheiro) – Depois da febre dos livros de colorir para adultos (que prometem acabar com o estresse), o mercado lançou convites de casamento que incorporam o mesmo conceito. O modelo apresenta as informações do evento normalmente, só que tem desenhos complexos para o convidado pintar. O lápis de cor vem junto.  Embalagens com corte a laser – Para deixar o casamento com uma proposta mais delicada e charmosa, muitos noivos estão recorrendo ao corte a laser para fazer as embalagens dos docinhos e até mesmo o convite de casamento. O resultado é um papel todo vazado que mais parece uma renda.

E aí, se animou?